Cooperação educativa e linguística [fr]

Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação, deslocou-se a Paris no dia 28 de Março 2017, para assinar, com a sua homóloga francesa, Najat Vallaud-Belkacem, um acordo de cooperação educativa e linguística. Por esta ocasião, os dois ministros deslocaram-se à Ecole Saint-Jacques para assistir a uma aula de português.

Durante este encontro, os dois ministros assinaram um novo acordo de cooperação educativa e linguística. Este acordo reflecte a vontade política de cada um dos países de marcar uma nova etapa na promoção da língua do país parceiro, relativamente a cada um dos respectivos sistemas de ensino.

Este acordo permite particularmente:

  • actualizar os textos que regulam a cooperação educativa e linguística entre França e Portugal, a fim de os tornar conformes com a evolução dos dois sistemas de ensino;
  • no âmbito da cooperação educativa e linguística, proceder à transformação das turmas ELCO (Ensino de línguas e culturas de origem) em turmas de EILE-português (ensino internacional de línguas estrangeiras), abertas actualmente a todos os alunos voluntários, sem condição de nacionalidade ou de origem;
  • reforçar a promoção do sistema de certificação linguística no seio dos sistemas de ensino dos dois países.

Os ministros também debateram sobre as reformas e as recentes evoluções no sistema de ensino português: alargamento da escolaridade obrigatória de 9 para 12 anos, introdução de manuais gratuitos e movimento de descentralização para os municípios, que serão competentes para a administração dos edifícios e para a gestão do pessoal não docente.

Após o encontro, os ministros visitaram a escola primária St. Jacques, em Paris (5° Bairro), para assistir a uma aula de EILE-português. Esta visita permitiu constatar a inclusão plena do dispositivo EILE-português no sistema escolar francês.

A transformação dos cursos de ELCO em língua portuguesa em EILE-português desde o início do ano escolar de 2016 permitiu:

  • integrar o ensino do português no âmbito de uma oferta de línguas acessíveis a todos e promover a diversidade linguística, especialmente no primeiro grau;
  • reforçar a continuidade dos percursos linguísticos e valorizar a aprendizagem do português como língua viva estrangeira de dimensão internacional, e não apenas como uma língua de origem.
Tiago Brandão Rodrigues, Ministre de l'Education, et Najat Vallaud-Belkacem, Ministre de l'Education nationale, de l'Enseignement supérieur et de la Recherche
 Signature de l'accord de coopération éducative et linguistique
Ecole Saint-Jacques - cours de portugais
Ecole Saint-Jacques - cours de portugais
Ecole Saint-Jacques - cours de portugais
Ecole Saint-Jacques - cours de portugais

publicado em 05/07/2017

Princípio da página