Visita do Embaixador à empresa francesa Lauak, em Setúbal (18.06.2014) [fr]

Fundada em 1975 pelo seu actual Presidente, Jean-Marc Charritton, para fornecer peças de caldeiras à Dassault, o grupo Lauak (que significa “quatro” em basco) é um dos principais subcontratantes franceses de fabricação de peças primárias, de subconjuntos e conjuntos para a indústria aeronáutica. Em 2013 o grupo Lauak empregava aproximadamente 730 pessoas para alcançar um volume de negócios de 80 milhões de euros, tendo como clientes grandes nomes do sector como a Airbus, Honeywell, Dassault, Liebherr, Latécoère, IAI, Embraer ou ainda a sociedade portuguesa Ogma.

O grupo que tem duas outras instalações em França, implantou a sua filial em Portugal em 2003 e tem vindo a desenvolver-se de maneira constante, ganhando novos contratos (alguns para as recentes instalações da Embraer em Évora). O Eng°. Armando Gomes, director da filial portuguesa, deu a conhecer as diferentes etapas de fabrico de componentes ou de estruturas mais completas, sublinhando o forte valor acrescentado das peças criadas com grande cuidado e precisão por 260 funcionários. A companhia, que já obteve numerosas certificações de qualidade junto dos seus clientes, investe de forma contínua na formação dos seus gestores e operários.
A Lauak portuguesa deseja abrir muito em breve uma nova unidade de produção de soldagem de peças, o que poderia elevar o seu efectivo a 300 trabalhadores até ao final de 2014. Com esta visita, os deputados tiveram a oportunidade de apreciar o investimento francês em Portugal, criador de empregos e de valor acrescentado, e símbolo da confiança recíproca dos nossos países.

Actualizado em: 26/06/2014

Topo de página