Paris 2024 celebrou o Desporto Paralímpico e os seus atletas [fr]

Nos dias 30 e 31 de Maio o Estádio Charléty acolheu o “Handisport Open de Paris 2017”, que a partir deste ano constituiu uma etapa do “Grand Prix International de Para-athlétisme”.

Menos de um ano depois dos jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, a França recebeu a família paralímpica por ocasião da primeira etapa francesa do “World Para Athletics Grand Prix”. No total, foram 456 atletas em representação de 32 países que competiram, durante dois dias, no Estádio Charléty, em Paris.

Organizado pela “Fédération Française Handisport”, o “Handisport Open de Paris” integrou este ano o circuito do Comité Paralímpico Internacional (International Paralympic Committee). Tornou-se assim uma das nove etapas do “World Para Athletics Grand Prix”, circuito de competição oficial de Atletismo Adaptado (athlétisme handisport) e constituiu uma etapa chave para as qualificações dos campeonatos do mundo de Atletismo Adaptado de Londres (de 14 a 23 de Julho)

Sendo uma competição desportiva de primeiro plano do universo dos paralímpicos, este evento que incluiu 14 disciplinas, juntou cerca de 10 000 espectadores. Depois do grande sucesso dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro que apaixonaram 13,6 milhões de Franceses durante as 100 horas de difusão pela “France Télévisions”, esta competição de atletismo teve em prova numerosos atletas medalhados no Rio de Janeiro e as esperanças da nova geração.

Nos últimos dois anos, o Comité de candidatura idealizou os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Paris como um só e único projecto. Os atletas olímpicos e paralímpicos desenvolveram assim um projecto que responde aos desafios de todos os atletas e de todos os desportos.

Desta forma, Cyril Moré, quatro vezes campeão paralímpico de Esgrima, é membro do Conselho de Administração de Paris 2024. Marie-Amélie Le Fur, três vezes campeã paralímpica, é Co-Presidente do Comité dos Atletas juntamente com Teddy Tiner, duas vezes campeão olímpico de Judo. No interior do Comité, Michaël Jérémiasz, campeão paralímpico de Ténis em cadeira de rodas e porta-estandarte no Rio de Janeiro, Marie Bochet, quatro vezes campeã paralímpica de Ski e David Smétanine, duas vezes campeão paralímpico de Natação, colaboraram em todas as etapas da candidatura especialmente em três temas:

- Aperfeiçoamento das condições de acesso e da prática para todos
- Desenvolvimento das acessibilidades dos equipamentos
- Mudança da percepção sobre a pessoa com deficiência na sociedade

A presença de Paris 2024 nesta edição do “Handisport Open de Paris 2017” visou também lembrar o lugar central que ocupa, na candidatura francesa, a reflexão sobre a inclusão. A educação através do desporto é com efeito um dos eixos principais do legado que Paris 2024 pretende incrementar com o desejo de sensibilizar a “Geração 2024” para estas questões, nomeadamente a fazer mudar a maneira como se olha a pessoa com deficiência e a melhor acessibilidade de todos a todos os desportos.

Se Paris for designada cidade anfitriã dos Jogos de 2024, a 13 de Setembro próximo em Lima, os Jogos Paralímpicos terão a cidade de Paris como cenário: o futebol a cinco terá lugar no Champ de Mars, o triatlo adaptado, em frente à Torre Eiffel, a Praça dos Invalides receberá o Tiro ao Arco e a Grande Halle da Villette abrirá as suas portas ao halterofilismo paralímpico. Paris 2024 oferecerá condições ideais aos atletas paralímpicos: beneficiarão de uma cidade 100% acessível e 90% dos atletas ficarão alojados a menos de 30 minutos do local da competição.

Marie-Amélie Le Fur, Co-Presidente do Comité dos Atletas Paris 2024 : “O Handisport Open de Paris e Paris 2024 valorizou o desempenho dos atletas paralímpicos sensibilizando o público para uma alteração da sua percepção da pessoa portadora de deficiência. As mentalidades estão a mudar e nós queremos que estas grandes competições, tal como os Jogos, sejam estímulos para fazer mudar as mentalidades na sociedade francesa e para lá dela”.

Tony Estanguet, Co-Presidente do Comité da candidatura Paris 2024 : “O Open Handisport de Paris foi o último evento paralímpico internacional que teve lugar em França antes da designação em Lima da cidade anfitriã dos Jogos de 2024. Foi para nós uma excelente ocasião para celebrar, no coração da cidade, o desporto para pessoas portadoras de deficiência e encarnar desde já a promessa de Paris 2024: oferecer aos Jogos Paralímpicos e aos seus atletas um cenário à altura do acontecimento e partilhar com o mundo os valores do desporto para todos.”

publicado em 01/06/2017

Princípio da página