MISSÃO DE ESTUDO DA IGA - INSPECÇÃO GERAL DA ADMINISTRAÇÃO AO PORTO DE LISBOA

No âmbito de uma missão confiada pelo Ministério do Interior francês à Inspecção Geral da Administração para avaliação da articulação dos actores públicos e privados no domínio da segurança do tráfego portuário em França, tanto a nível do frete como dos passageiros, o Prefeito Roger Marion deslocou-se a Lisboa nos dias 12 e 13 de Novembro para observar as práticas desenvolvidas nesse sector num grande porto europeu.

Vários encontros, organizados pelo Adido de Segurança Interna da Embaixada, tiveram lugar no Porto de Lisboa.

A delegação francesa foi recebida, em primeiro lugar, na EMSA (European Maritime Safety Agency), instalada no Cais do Sodré.

Na capitania, onde está sediada a Polícia Marítima, seguiu-se um encontro com o Director-Geral da Autoridade Marítima e Comandante-Geral da Polícia Marítima e com o Comandante Adjunto do Capitão do Porto de Lisboa.

Durante uma reunião com o Director do Gabinete das Alfândegas do Porto de Lisboa, que controla as mercadorias que transitam pelo porto, a delegação foi informada das diferentes competências deste serviço. O Porto de Lisboa tem um tráfego anual de cerca de 12 milhões de toneladas de mercadorias.

A missão foi também recebida pelo Subdirector Central de Fronteiras do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), do terminal de passageiros da Estação Marítima Alcântara. O Porto de Lisboa regista um numero cada vez maior de passageiros, sobretudo em trânsito, prevendo-se que possa atingir 539.000 passageiros em 2012, ou seja mais 77% em comparação com 2007.

No dia 13 de Novembro, a delegação foi recebida na Torre VTS (Vessel traffic service), em Algés, para efectuar uma visita ao Centro de Coordenação do Tráfego Portuário (VTS) durante a qual foi feita uma apresentação do Porto de Lisboa pelo Director das Operações e da Segurança.

Durante uma deslocação a Alcântara a delegação ficou a conhecer os equipamentos e o sistema de protecção que estão instalados nesta zona do porto.

publicado em 16/11/2012

Princípio da página