França, primeiro destino turístico mundial [fr]

Turismo - Estatísticas do turismo internacional com destino a França em 2015

O inquérito anual "EVE" sobre o turismo internacional em França, realizado pela Direcção-Geral das Empresas, em parceria com o Banco de França, confirma que a França voltou a ser, em 2015, o primeiro destino turístico mundial.

Este inquérito revela sobretudo que a frequentação internacional no nosso país continua a aumentar : com 84,5 milhões de visitantes na França metropolitana, regista-se um aumento de 0,9% das chegadas relativamente a 2014. A presença ultrapassa o patamar dos 85 milhões de visitantes, se incluirmos os turistas internacionais que visitam os departamentos e as colectividades ultramarinas (estatísticas a consolidar).

O número total de dormidas também aumentou (+ 0,8%) em 2015, o que resultará certamente num aumento das receitas geradas por este sector que contribui significativamente para o nosso produto interno bruto (7,4% em 2014).

A análise detalhada destes números para 2015 revela, contudo, que os três primeiros trimestres (aumento de 1,8% da presença internacional) ficaram contrabalançados no último trimestre (-3,1%). Os acontecimentos de 13 de Novembro tiveram um grande impacto na frequentação turística estrangeira, especialmente em Paris (aproximadamente -15% em Novembro / Dezembro).

No conjunto do ano, a clientela longínqua regista um forte aumento (+ 11,6%), enquanto o mercado europeu desenvolvido se contrai ligeiramente (-1,5%).

O mercado asiático regista um crescimento espectacular superior a 22,7%, testemunhando, especialmente, a eficácia da medida de emissão rápida de vistos para a clientela chinesa, indiana e singapurense ("visto em 48 horas") decidida e implementada a partir de 2014 (+38% de vistos atribuídos à clientela chinesa em 2015), assim como os resultados das acções de promoção empreendidas pela Atout France e pela rede diplomática em conjunto. O número de turistas chineses, ultrapassa pela primeira vez o marco simbólico dos 2 milhões para chegar aos 2,2 milhões. As chegadas de turistas indianos já ultrapassa os 500.000, com um aumento dos pedidos de visto de 48,14%. A frequentação de turistas americanos progride em 15,2% e marca um regresso desta clientela ao destino França.

A diminuição do número de visitantes europeus deve-se essencialmente pela descida de frequentação dos turistas alemães (-9,2%) e suíços (-6,5%). Em contrapartida, os Britânicos são mais numerosos a visitar a França (+ 3,3%). O número de turistas italianos e espanhóis também está a aumentar (+ 6,5% e + 4,9%, respectivamente).

Estes resultados, globalmente muito positivos, justificam a estratégia desenvolvida desde 2012 pelo Governo e convidam a prosseguir os esforços realizados em 2014 e 2015, pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional, em colaboração com os ministérios competentes para implementar as medidas anunciadas na Conferência anual do Turismo, no seguimento dos trabalhos dos Encontros do turismo e do Conselho de promoção do turismo.

Estes resultados confirmam igualmente a necessidade de reforçar a mobilização para evitar que os acontecimentos de Novembro de 2015 afectem a percepção dos visitantes e dos operadores estrangeiros. A este respeito, a campanha de promoção anunciada por Jean-Marc Ayrault aos profissionais e parceiros de turismo, no passado dia 1 de Março, está a ser finalizada. A campanha será financiada em cerca de 1 milhão de euros pelo Estado assim como por contribuições de parceiros privados e institucionais. Esta campanha é objecto de uma estreita concertação com a cidade de Paris e os locais de destino.

Finalmente, é dada uma atenção especial à promoção de grandes eventos desportivos, culturais e económicos realizados pelo nosso país, a começar pelo Euro 2016. Estes eventos contribuem largamente para o crescimento do turismo em França.

Actualizado: 2016/04/08

publicado em 01/02/2017

Princípio da página