Concerto (Edoardo Sbaffi, Mário Trilha )

JPEG

Concerto (Edoardo Sbaffi, Mário Trilha ) Palácio Santos, 28 de Junho de 2013

PDF - 18.2 kb
Programa Concerto
(PDF - 18.2 kb)

NOTAS BIOGRÁFCAS

JPEGEdoardo Sbaffi. Natural da Itália, diplomou-se em Violoncelo no Conservatório “G. Rossini” de Pesaro em 1992, tendo-se aperfeiçoado mais tarde com o M.º A.Tichy, R.Filippini, M.Chen e E.Dindo.

Em 2002 licenciou-se na ESML com Clelia Vital. Doutor em Música e musicologia pela Universidade de Évora em 2013 com uma tese sobre o repertório do violoncelo a 5 cordas nos sec. XVII e XVIII sob a orientação do Prof. Dout. B.Gibson e do Prof. Dout. M. Vansheeuwijck.

Colaborou com numerosas Orquestras Italianas e Portuguesas.

É membro do Trio Piazzolla Lisboa com António Carrilho e Helena Vasquez.

Para o violoncelo barroco frequentou numerosos cursos e Masterclasses com Maestros quais R.Zipperling, A.Gervreau, C.Coin e V.Ghielmi entre outros. Exibiu-se em vários agrupamentos entre os quais a orquestra barroca “il Divino Sospiro” de Lisboa e os agrupamentos “La nave Va” e “Insieme Barocco”.

Desde 2002 é Professor de Violoncelo no Instituto Gregoriano de Lisboa.

JPEGMário Trilha Em 1995 obteve o Diploma em Música (Piano) na Universidade de Música do Rio de Janeiro, tendo realizado paralelamente estudos de análise e direcção coral na Pro-Arte (Rio de Janeiro) sob orientação de Carlos Alberto Figueiredo.

Em 1999 conclui o Mestrado em perfomance de Cravo (Künstlerisches Aufbaustudium), orientado por Christine Daxelhofer na Hochschule für Musik Karlsruhe (Alemanha). Tendo trabalhado na mesma instituição como cravista acompanhador do Oper Studio e direcção coral e orquestral com o maestro Zsolty Nagy (actual professor de direcção do Conservatoire National Supérieur- Paris)

Entre 1998 e 2000 frequentou o curso superior de Cravo dirigido por Olivier Baumont no Conservatoire National de Région de Rueil-Malmaison (Paris, França) tendo obtido com a qualificação máxima o diploma superior (Medaille d’Or à l’Unanimité).

Em 2000 frequentou a classe de música antiga (clavicórdio) no Conservatoire Municipal de la Ville de Paris „Claude Debussy“ sob orientação de Ilton Wjuniski.

Em 2003 finalizou os seus estudos de cravo e baixo-contínuo sob orientação de Jörg-Andreas Bötticher, clavicórdio Jean-Claude Zehnder e direcção com Hans Martin Linde na Schola Cantorum Basiliensis, Escola Superior de Música Antiga de Basileia, Suíça.

Em Fevereiro de 2004 concluíu o curso de pós-graduação Teoria da Música Antiga sob orientação do Prof. Doutor Dominique Muller e do Prof. Markus Jans na Schola Cantorum Basiliensis, tendo sido bolseiro do Ministério da Cultura do Brasil.

Participou em vários cursos de interpretação de cravo e baixo-contínuo com Gustav Leonhardt, Pierre Hantai, Kenneth Gilbert, Jacques Ogg, Jesper Christensen, Olivier Baumont, Jan Willem Jansen, Nicolau de Figueiredo, Andrea Marcon e Johann Sonnleitner, entre outros.

Em Outubro de 2004 foi finalista no concurso “Promusicis” realizado no Carnegie Hall em Nova Yorque, Estados Unidos.

Tem realizado vários recitais a solo e com diversas orquestras e ensembles no Brasil, Portugal, Alemanha, França, Espanha, Suíça, Irlanda, Escócia e Estados Unidos da América.

Foi director de vários coros profissionais e amadores no Brasil, Portugal, Alemanha e Suíça

É Doutor em Música pela Universidade de Aveiro. Membro do Núcleo Luso-Brasileiro de Estudos da História da Música Caravelas. Investigador Integrado Pós-Doutoramento do CESEM-Universidade Nova de Lisboa Com o apoio da Fundação Ciência e Tecnologia.

Foi director artístico do ciclo Música no Museu realizado no Museu de Aveiro.
Gravou, pela casa Númerica, um CD dedicado a música do tempo de D João VI com a soprano Isabel Alcobia, e com o Ensemble Joanna Musica, outro CD, com a música oitocentista dedicada a Princesa Santa Joana. Também pelo mesmo selo gravou o concerto para cravo e orquestra de José Palomino com o Amazon Baroque Ensemble.

Actualizado em: 07/08/2013

Topo de página