Atractividade da França - encontro com investidores portugueses (28.11.2017) [fr]

No dia 28 de Novembro de 2017, o embaixador recebeu investidores portugueses para um pequeno-almoço de trabalho, com o fim de promover as vantagens da França como terra de inovação e de oportunidades.

A França é um mercado importante para as exportações portuguesas, o segundo depois da Espanha. No entanto, em termos de investimento, as empresas portuguesas ainda estão pouco presentes no território francês: em 2016, estimamos que cerca de 350 empresas portuguesas estavam instaladas em França e empregavam 2400 trabalhadores. Contudo, a França foi em 2016 o primeiro país a receber investimentos portugueses geradores de emprego na Europa (40% do total), à frente da Espanha, com um total de quase 100 milhões de Euros. Estes investimentos tiveram um aumento de 145 milhões de euros no primeiro semestre de 2017, elevando o stock total a mais de mil milhões de euros.

A França é a sexta economia mundial, com 66 milhões de habitantes e uma demografia dinâmica, e a sétima em termos de stock de investimento estrangeiro. É, também, a primeira economia criadora de empresas na Europa. O nosso país dispõe de mais-valias importantes, a começar pela situação geográfica e pelas infra-estruturas de qualidade, particularmente nos domínios aeroportuário e ferroviário. É a primeira praça financeira europeia (excluindo Londres) e o primeiro país de acolhimento de empresas industriais na Europa, com um custo de exploração competitivo, nomeadamente graças a um preço de energia, inferior à maior parte dos outros países europeus.

Por fim, a França é também uma terra de acolhimento muito favorável para projectos de Investigação e Desenvolvimento, com o Crédito Fiscal Investigação (CIR) mais vantajoso de todos os países da OCDE. A França dispõe, ainda, de programas ambiciosos de apoio, especialmente no âmbito dos Planos de Investimento do Futuro e de um novo fundo público de 10 mil milhões de euros para a inovação e para a indústria. A título de comparação, a França tem tantos engenheiros como a Alemanha, mas uma maior produtividade.

Além disso, por iniciativa do nosso novo Presidente da República, Emmanuel Macron, estão em curso reformas importantes. Em primeiro lugar, elas dizem respeito ao direito do trabalho que visa a flexibilizar o mercado de trabalho. O próximo passo será uma grande reforma da formação profissional e da aprendizagem.

Por último, foram efectuadas reformas importantes pelo actual governo para aliviar a tributação das empresas e dos investidores: redução do imposto sobre as sociedades, a redefinição do imposto sobre a fortuna e sobre os bens imobiliários, em beneficio do capital investido no financiamento da economia, como a taxa única de imposto sobre o capital, por exemplo.

Todas estas reformas mas, também, a renovação da nossa vida política, contribuem para mudar a imagem do nosso país, num contexto em que a conjuntura é promissora, em França e, de um modo geral, na Europa, onde os índices de confiança continuam a aumentar.

O último barómetro da Câmara de Comércio Americana em França revela que os investidores americanos começam a olhar de forma diferente para o nosso país e consideram a possibilidade de recrutar trabalhadores nos próximos dois ou três anos.

- Apresentação geral em powerpoint das vantagens estruturais da França e as últimas reformas levadas a cabo pelo governo (em francês).

Powerpoint - 6.1 Mb
(Powerpoint - 6.1 Mb)

- Apresentação powerpoint sobre o ecossistema de inovação em França, destacando a actual dinâmica empresarial e as formas de apoio público às empresas inovadoras (em francês).

Powerpoint - 5.8 Mb
(Powerpoint - 5.8 Mb)
Petit déjeuner de travail à l'ambassade avec des investisseurs portugais
Petit déjeuner de travail à l'ambassade avec des investisseurs portugais
Petit déjeuner de travail à l'ambassade avec des investisseurs portugais - photo du groupe

publicado em 29/11/2017

Princípio da página