Agenda cultural do Institut Français du Portugal - Dezembro 2018 [fr]

L’AGENDA - DEZEMBRO DE 2018

Toda a informação actualizada do Institut français du Portugal em

www.ifp-lisboa.com

- TEATRO

01, 06 e 07.12.2018 | MOI, CORINNE DADAT | Teatro Municipal D. Maria II | C’EST LA VIE e FINIR EN BEAUTÉ, de Mohamed El Khatib | Teatro Municipal Rivoli do Porto

Mohamed El Khatib, dramaturgo e vencedor do Grande Prémio ARTCENA para Literatura Dramática 2016, apresentou a sua peça Finir en Beauté em 2017: um pedaço de ato de morte no Teatro Nacional Dona Maria II em Lisboa, bem como uma masterclass, e acompanhou o lançamento da publicação portuguesa do texto da peça, traduzida por Alexandra Moreira da Silva.

Mohamed El Khatib regressa em Portugal com:

01.12 | MOI, CORINNE DADAT no Teatro Nacional D. Maria II |

Mais informações

06 e 07.12 |FINIR EN BEAUTÉ e C’EST LA VIE. no Rivoli Teatro Municipal , Porto |

Mais informações

- CONFERÊNCIAS

03.12.2018 - 17h00 | DE LA CONNAISSANCE DE SOI À LA CONSTRUCTION DE LA PERSONNE ÉTUDIANTE – LOUIS BASCO | Instituto de Educação (Universidade de Lisboa)

"Aluno quem é você?" Assim como a pergunta que Ada Abraham fez aos professores, podemos transpor essa pergunta para os alunos. A questão da identidade da pessoa do aluno está no centro das nossas preocupações.
A construção da pessoa é possível através de uma interacção entre o verdadeiro eu íntimo da pessoa e o Si do aluno.
Louis Basco professor da Universidade d’Avignon explorará estes assuntos durante uma conferência que dará aos estudantes da Universidade de Lisboa.

Saiba mais

11.12.2018 | 10h00 |Seminário «A FORÇA DAS REPRESENTAÇÕES» por Roger Chartier | Faculdade de letras da Universidade de Lisboa, Anfiteatro III (Alameda da Universidade-Lisboa)

11.12.2018 | 14h30 | «LES EFFETS DE L’ÉCRITURE SUR L’ENSEIGNEMENT DE LA LECTURE: UNE APPROCHE HISTORIQUE» por Anne-Marie Chartier | Instituto de Educação, Auditório 2, Alameda da Universidade, Lisboa

A Universidade de Lisboa vai atribuir o título Honoris Causa a Roger Chartier, historiador e académico na área das ciências sociais e humanas e Professor Emérito do Collège de France.
Nesse âmbito, a Faculdade de Letras e o Instituto de Educação organizam, no dia 11 de Dezembro, dois Seminários em paralelo. As conferências são de entrada livre mediante inscrição prévia.
Ainda neste âmbito, o Centro de História da ULisboa irá promover uma mostra sobre a bibliografia activa e passiva existente sobre Roger Chartier na Biblioteca da FLUL, patente ao público a partir do dia 10 de Dezembro, na Faculdade de Letras de Lisboa.

- SIMPÓSIO

04.12 a 06.12.2018 | Symposium – Novos olhares sobre a Arte Paleolítica| Museu do Côa

Por ocasião dos 20 anos da classificação da arte paleolítica do Côa como Património Mundial, de 4 a 6 de Dezembro de 2018, o Museu do Côa acolhe o Côa Symposium – Novos olhares sobre a Arte Paleolítica, com uma dezena de convidados franceses. O impacto científico da descoberta de arte paleolítica ao ar livre no Vale do Côa determinou a decisão da UNESCO de classificar como Património Mundial a arte rupestre paleolítica da região. Se aquela instituição tomou essa decisão quando apenas se conheciam cerca de 150 rochas distribuídas por 15 sítios, as mais de 500 rochas e 50 sítios conhecidos actualmente confirmam quer a justeza da decisão da UNESCO, quer algumas das inferências científicas que se fizeram na altura da descoberta, designadamente que a arte ao ar livre do Paleolítico Superior europeu seria não só muito mais comum, como, provavelmente até, mais usual que a arte do interior das grutas.

Saiba mais

- MEDIATECA DO IFP

04, 11, 18.12.2018 | 17h45 | BLÁ, BLÁ CAFÉ FRANÇAIS | Mediateca do IFP – Lisboa

Todas as terças-feiras, a nossa mediateca propõe uma conversa de grupo, em francês, em torno de uma chávena de café e de um tema. Animadas por um/a nativo/a da língua, essas conversas permitem praticar o seu francês num ambiente amistoso e convivial!

Os temas do mês de Dezembro são:
04.12 – A fotografia
11.12 – A aparência
18.12 – Natal

05, 12, 19, 26.12.2018 | 17h45 | BLÁ, BLÁ THÉ PORTUGAIS | Mediateca do IFP – Lisboa

Às quartas-feiras, na Mediateca, é dia de Blá Blá Thé! Sempre às 17h45, convidamos a participar numa conversa sobre vários assuntos em torno de uma chávena de chá.
O objectivo destes encontros é a prática da língua portuguesa numa conversa sobre diferentes assuntos e o conhecer pessoas novas.

Em Dezembro, vamos falar de:
05.12 – A educação
12.12 – Lojas com história
19.12 – Natal

13.12.2018 | 18H30 | GRUPO DE LEITORES | Mediateca do IFP – Lisboa

Antes as festas do fim do ano, convidamo-lo a juntar-se ao Grupo de Leitores, quinta-feira dia 13 de Dezembro às 18h30.
É a última ocasião de falar e partilhar opiniões sobre o livro Dix-sept ans d’Eric Fottorino. Iniciaremos em Janeiro a leitura da obra de Maylis de Kerangal, Un monde à portée de main.
Durante estes encontros poderá também escolher um ou mais livros e dizer-nos do que gostou ou não na sessão seguinte.
Últimas descobertas, novas publicações, prémios literários… venha partilhar as suas emoções literárias!

15.12.2018 | 10h00-10h45 | SAMEDI PIANO | Mediateca do IFP – Lisboa

Sábado, dia 15 de Dezembro, o piano de Kinga Somogyi acompanha-vos na vossa visita à mediateca.
Um sábado por mês, propomos-lhe uma hora de piano. A mediateca funciona normalmente, por isso, não hesite em requisitar, devolver, dar uma vista de olhos nas prateleiras ou instalar-se confortavelmente nas poltronas para apreciar o recital.

- MÚSICA

06.12.2018 | 19h00 | Concerto de MACHINE LYRIQUE | Mediateca do Institut Français du Portugal

Temos o prazer de vos convidar para o concerto Machine Lyrique de Anabela Duarte e Ian Mikirtumov. Anabela Duarte, que foi a voz do grupo Mler Ife Dada, regressa ao palco e ao IFP, desta vez com o seu mais recente projecto, Machine Lyrique.
Acompanhada pelo pianista Ian Mikirtumov, serão revisitados alguns clássicos de Boris Vian e Kurt Weill.

Entrada livre.

- DIGITAL

07 e 08.12.2018 | HAKANAI, de Claire Bardainne e Adrien Mondot | Centro Cultural de Belém (Lisboa)

Hakanaï, espectáculo de Claire Bardainne e Adrien Mondot, é uma performance coreográfica para uma bailarina que decorre dentro de um cubo de imagens em movimento. Uma coreografia que pretende desenhar a evanescência do sonho e a impermanência das coisas.
As imagens são animadas ao vivo, de acordo com modelos físicos de movimento, ao ritmo de uma criação sonora também interpretada ao vivo. O show é de quatro frontais, e no final do tempo de apresentação, a instalação é aberta aos espectadores.
“Rendez-vous” nos dias 7 e 8 de Dezembro de 2018, no Centro Cultural de Belém, para uma experiência 100% imersiva!

Saiba mais

- HORA DO CONTO

08.12.2018 | 11h00 | HORA DO CONTO | Livraria Baobá – Lisboa

Uma vez mais, a BAOBÁ Livraria acolhe-nos para a Hora do Conto. Este mês Célia Méguellatti vai contar Bonne nuit ! de Pierre Pratt e outras histórias em francês em torno do Natal.
Uma hora de leitura para acabar o ano em doçura e poesia!
Encontro na BAOBÁ Livraria, sábado dia 8 de Dezembro às 11h00.

Entrada livre.

- DANÇA

08 e 09.12.2018 | CROWD, de Gisèle Vienne | Culturgest (Lisboa)

Gisèle Vienne é uma das figuras centrais da nova dança francesa, tendo criado, desde 2004, várias obras de referência, tais como I Apologize, Jerk, This is how you will disappear e The Ventriloquist Convention. A artista estará presente no palco da Culturgest para apresentar CROWD nos dias 8 e 9 de Dezembro.

Mais informações

- CONFERÊNCIA INTERNACIONAL

11.12.2018 - 09h00 – 19h00 | CONFERÊNCIA INTERNACIONAL “Declaração Universal dos Direitos Humanos – 70 anos” | Auditório da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC)

A Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra celebra os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, com palestras de convidados internacionais, tal como a professora francesa da Universidade de Strasbourg, Florence Benoît-Rohmer, ou o Dr. Ibrahim Salama das Nações Unidas. O concerto do Coro Alma de Coimbra irá fechar o dia de comemoração.

Saiba mais

- COLÓQUIO

12.12.2018 – 14h30 – 20h00 | COLÓQUIO: “Economia Social e Solidária: outro modo de criar futuro sustentável” | Centro de Informação Urbana de Lisboa – CIUL

Nos últimos anos, as organizações da economia social e solidária sofreram o duplo impacto de uma crise económica e financeira prolongada e de alterações de quadros legais e instrumentos de actuação. Para lá das definições conceptuais, este modo de pensar e construir organização social e económica tem a uni-lo princípios e valores comuns e objectivos de sustentabilidade. Dotadas de uma já longa história e desempenhando um papel importante, mas não isento de contradições, as organizações da economia social e solidária enfrentam hoje desafios que importa debater. O Le Monde Diplomatique – edição portuguesa e a cooperativa que o publica, a Outro Modo, com o apoio do CRISALT, pretendem com este colóquio contribuir para essa reflexão que contará uma conferência de encerramento do jornalista Benoît Bréville do Monde Diplomatique.

Saiba mais

- CIRCO

De 28.12 a 01.01.2019 | KLAXON, Cie. Akoreacro – Projeto Lavrar o Mar | Monchique (Algarve)

O projecto Lavrar o Mar vai acolher a companhia de circo francês Akoreacro de 28 de dezembro a 1 de Janeiro de 2019, na cidade de Monchique (Algarve), para cinco espetáculos de KLAXON. Uma alquimia entre música e acrobacia, Akoreacro é uma companhia que viaja pelo mundo desde há oito anos com um sucesso enorme. Com uma técnica acrobática muito virtuosa e muita invenção, este colectivo de artistas utiliza o saber dos antigos para se lançar no mundo contemporâneo do novo circo. Klaxon a sua última criação, acontece na própria tenda de circo.

Saiba mais

- AS NOSSAS SUGESTÕES

ARTES VISUAIS

Até 04.02.2019 | POSE E VARIAÇÕES, Escultura em Paris no tempo de Rodin | Fundação Calouste Gulbenkian - Lisboa

A grande exposição de Inverno do Museu Calouste Gulbenkian abriu ao público apresentando um magnífico conjunto de esculturas intemporais reunido por dois notáveis colecionadores de arte: Carl Jacobsen (1842-1914), fundador da Carlsberg, e Calouste Sarkis Gulbenkian (1869-1955).
O tempo de Rodin, artista central desta exposição, foi também o tempo de outros grandes escultores como Jean-Antoine Houdon, Aimé-Jules Dalou, Paul Dubois, Jean-Baptiste Carpeaux, Edgar Degas ou Denys-Pierre Puech. Todos eles estarão representados nesta exposição inédita, dedicada à pose na escultura francesa, principalmente na segunda metade do século XIX, e que junta três dezenas de esculturas das coleções de Carl Jacobsen e de Calouste Sarkis Gulbenkian.

Saiba mais

Se tem o cartão da nossa Mediateca, saiba que às sexta-feiras, das 18h00 às 21h00, a entrada é gratuita para si.

Até 06.01.2019 | AS RAÍZES TAMBÉM SE CRIAM NO BETÃO, de Kader Attia | Culturgest

A Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest apresenta “As raízes também se criam no betão”, uma exposição do artista francês Kader Attia de 20 de Outubro até 6 de janeiro de 2019.

O projecto é apresentado nos espaços da Culturgest em Lisboa, ocupando aproximadamente 750m2. Inclui uma selecção de obras que reflectem o interesse do artista em questões arquitectónicas, especialmente a partir de uma reflexão crítica sobre o legado do modernismo. Este foco do trabalho de Kader Attia mistura-se com a atenção que o artista dirige às situações coloniais, especialmente importantes em relação ao contexto pós-colonial português, porque a presença portuguesa nas antigas colónias está fortemente ligada ao desenvolvimento de um modernismo africano.

Mais informações

Até 17.02.2019 | Exposição QUEL AMOUR!? | Museu Coleção Berardo (Lisboa)

Quel Amour!? reúne artistas de diferentes gerações, países e culturas para os quais o Amor foi fonte de inspiração. Indubitavelmente, o Amor é dos sentimentos mais determinantes da vida humana, pelo que foi e é ainda um tema presente na história da arte.
A humanidade, em geral, e os artistas, em particular, pela sua sensibilidade, sentem a necessidade de exprimir este sentimento, tão pessoal e diverso, que se manifesta de inúmeras maneiras. É esta pluralidade que se pretende explorar em Quel Amour!?.
Concepção e coprodução: [mac] musée d’art contemporain de Marseille, MP 2018 Quel Amour!? e Museu Colecção Berardo. Curadoria de Éric Corne. Inclui obras de artistas como: Chantal Akerman, Helena Almeida, Louise Bourgeois, Sophie Calle, Lourdes Castro, Gérard Garouste, Nan Goldin, William Kentridge, Annette Messager, Raymond Pettibon, Germaine Richier, Kiki Smith, Ernesto de Sousa, Wolfgang Tillmans ou Francesca Woodman.

Saiba mais

HORÁRIO HABITUAL DO L’ESPACE / Mediateca
Terça, quarta e sexta das 14h00 às 19h00
Sábado das 10h00 às 13h00

INSTITUT FRANÇAIS DU PORTUGAL
Rua Santos-o-Velho, 11
1249-079 LISBOA
Tel.: +351 21 393 92 70

publicado em 04/12/2018

Princípio da página