Aeroportos de Paris, tráfego "record" em 2015 [fr]

Os aeroportos de Paris - Orly e Charles-de-Gaulle – registaram, em 2015, um record de tráfego de 95,4 milhões de passageiros, uma subida de 3% apesar dos atentados de Janeiro e de Novembro em Paris - anunciou quarta-feira o seu gestor ADP. O aumento do tráfego em 2015 “faz com que este ano seja um ano record apesar dos atentados”, declarou à AFP, Edward Arkwright, director-adjunto de Finança e Estratégia dos Aeroportos de Paris (ADP).

Em Dezembro, o volume de passageiros à chegada e à partida dos aeroportos parisienses baixou em 2,8% na sequência dos atentados de 13 de Novembro em Paris, segundo os ADP. Estes ataques sangrentos na capital já tinham provocado um impacto negativo de 1,8% no tráfego do mês de Novembro.

Mas “a desaceleração atenuou-se”, realçou o Sr. Arkwright, indicando “um regresso progressivo à normalidade que deveria materializar-se em Janeiro”.

Em Dezembro, o tráfego internacional fora da Europa só foi muito levemente atingido, com uma diminuição de 0,7% dos passageiros nos dois aeroportos da capital.

Em todo o ano de 2015, foi o aeroporto internacional de Paris Charles-de-Gaulle que registou o maior crescimento do seu tráfego com 65,8 milhões de passageiros (+3,1%) enquanto Orly, com 29,6 milhões, melhorou o seu tráfego em 2,8%, segundo os ADP.

Fora a Europa, o tráfego internacional registou uma subida de 3,4%, com um forte crescimento nos destinos: América do Norte (+6,8%), Médio-Oriente (+5,3%), Ásia-Pacífico (+4,4%), América Latina (+2,2%) e África (+0,8%).

O Sr. Arkwright salientou os óptimos resultados da América do Norte (Estados-Unidos e Canadá) e da China “que progrediu em cerca de 17% este ano). Num ano, o tráfego da Europa, fora a França, progrediu em 3,5%, segundo os ADP, graças à Espanha (+9%) e a Portugal (+4%) nomeadamente, ora que em França só regista um aumento muito ligeiro de 0,8%.

Fonte : Agence France-Presse (AFP)

publicado em 15/01/2016

Princípio da página