A L’Oréal premiou três jovens investigadoras portugueses (29.01.2014) [fr]

A l’Oréal estimula a investigação em Portugal, em parceria com a Comissão Nacional da UNESCO e a Fundação portuguesa para a Ciência e a Tecnologia, atribuindo desde há dez anos prémios a jovens investigadoras.

Este ano a Medalha de Honra « L’Oréal Portugal para as Mulheres na Ciência” foi entregue a Luísa Neves (Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa), a Joana Tavares (Instituto de Biologia Molecular e Celular, Universidade do Porto) e a Inês Gonçalves (Instituto de Engenharia Biomédica, Universidade do Porto). As bolsas atribuídas contribuirão para o avanço dos trabalhos que estão a efectuar respectivamente sobre a reutilização de gás anestésico, sobre a vacina contra a malária e sobre a eliminação de uma bactéria que provoca cancros gástricos.

JPEG

O embaixador de França em Portugal, Jean-François Blarel e a sua esposa, estiveram presentes no jantar de gala de entrega das medalhas que teve lugar no dia 29 de Janeiro em Lisboa.

Criado em 1998, o programa « L’Oréal-Unesco para as Mulheres na Ciência” visa reconhecer e recompensar investigadoras de todas as regiões portuguesas. Todos os anos, os Prémios L’Oréal-Unesco distinguem investigadoras eméritas que, com os seus notáveis trabalhos, contribuíram para o progresso da ciência. O programa identifica igualmente jovens investigadoras talentosas com o fim de lhes atribuir bolsas de investigação. Ao longo dos últimos 15 anos, o programa Mulheres na Ciência adquiriu um verdadeiro alcance internacional. Beneficiou mais de 1700 investigadoras, originárias de 108 países, entre os quais Portugal, desde 2004.

Crédit photo : Andrew Huff

publicado em 05/02/2014

Princípio da página