A França vista por Maria João Seixas (19.03.2014) [fr]

Condecorada com as insígnias de «Chevalier des Arts et des Lettres» em 2012, pelo Embaixador de França em Portugal, Maria João Seixas, ex-directora da Cinemateca, aceitou dar a sua opinião sobre a França respondendo ao seguinte questionário:

- Qual é a sua cidade/região francesa preferida?

Paris que é, sempre, uma festa, como Ernest Hemingway cantou e contou em "A Moveable Feast", para sempre.

- Qual é o seu filme/actor francês preferido?

"Pickpocket", de Robert Bresson, filme que tem uma das mais belas réplicas da história do cinema - "Oh, Jeanne, pour aller jusqu’à toi, quel drôle de chemin il m’a fallu parcourir." / Gérard Philippe, tão prematuramente desaparecido, deixando-nos mais órfãos da beleza e sensibilidade raras da sua presença em palco e no écran.

- Qual o seu livro/autor francês preferido?

"A la recherche du temps perdu", de Marcel Proust, que, para sempre, nesta imensa obra, nos ensinou a cumprir a demanda dos trilhos da infância, do passado, territórios seminais onde tudo o que somos e vamos sendo permanece inscrito.

- Qual o seu prato francês preferido?

O “Cassoulet”, com os seus aromas do sul a redimir e surpreender a (aparente) pobreza dos feijões e as gorduras do ganso, mas também, e muito, o raffinement dos foie gras, cuja variedade de texturas e sabores não encontra par em nenhuma outra cozinha.

- Quais os adjectivos que utilizaria para descrever a França?

Culta, elegante, sedutora.

- Que voto formula para as relações franco-portuguesas?

Que "Les beaux esprits” dos nossos dois países continuem a saber "se rencontrer”, reconhecendo nessa "Rencontre" um precioso e fecundo valor civilizacional.

JPEG

publicado em 11/12/2014

Princípio da página