A França vista por Guta Moura Guedes (05.03.2014) [fr]

Condecorada com as insígnias de «Chevalier des Arts et des Lettres » em 2005, pelo Embaixador de França em Portugal, Guta Moura Guedes, Presidente da Experimenta Design, aceitou dar a sua opinião sobre a França respondendo ao seguinte questionário:

- Qual é a sua cidade/região francesa preferida?

Não consigo deixar de nomear Paris como a minha cidade francesa favorita. Tenho uma adoração absoluta por esta cidade, que vem desde os livros que li, as músicas que ouvi e da minha relação pessoal e profissional com a mesma. Tenho uma ligação particular com Bordéus, uma das minhas bisavós era de lá, tínhamos vinhos da zona de Saint-Emilion e Bordéus foi a primeira cidade francesa que conheci.

- Qual é o seu filme/actor francês preferido?

A filmografia francesa é verdadeiramente extraordinária. Alain Resnais, Jean-Luc Goddard, Jean-Jacques Beneix, são imensos. Mas há um filme que recordo sempre, “Une Femme Douce”, do Robert Bresson, associado a uma conferência que assisti há uns anos atrás em Serralves, em que Manoel de Oliveira falou sobre o filme e recordou a sua relação com Bresson. Actores, neste caso, actrizes, impossível esquecer neste mesmo filme Dominique Sanda, a Catherine Deneuve no extraordinário "Belle de Jour", do Buñuel, e a infinitamente deliciosa Brigitte Bardot no "Le Mépris".

- Qual o seu livro/autor francês preferido?

Montaigne. Tenho uma concreta obsessão pelos Ensaios e pela vida deste filósofo e grande analista da natureza humana. Mas cresci a ler Jules Verne, Stendhal, depois Balzac e Flaubert, e Proust está sempre na minha mesa-de-cabeceira.

- Qual é a sua música/cantor francês preferido?

O meu pai ouvia e cantava imensas músicas francesas, cresci no meio dessa influência, é tão difícil fazer uma escolha aqui. Joe Dassin, Adamo, Gilbert Bécaud, Brel, Françoise Hardy, etc. Depois o único e irrepetível Serge Gainsbourg e a Birkin. Mais recentemente Tom Novembre e os Daft Punk, por coincidência um dos co-fundadores da banda é luso português, Guy-Manuel de Homem-Christo.

- Qual o seu prato francês preferido?

A forma como em França criam, usam e transformam o fois-gras é inultrapassável. Mas sublinho também os vol-au-vent, que eram utilizados recorrentemente na casa dos meus avós e em nossa casa e a imensa criatividade culinária que permitem.

- Quais os adjectivos que utilizaria para descrever a França?

A França é um país culto, “exquisite”, "charmant", elegante, delicado e imensamente sedutor.

- Que voto formula para as relações franco-portuguesas?

À luz de uma relação antiga, histórica, profunda, que une os nossos dois países, ancorada numa cultura de muitos séculos, gostaria que a relação franco-portuguesa tivesse uma nova dinâmica associada ao ritmo e produção do século 21. Ambos os países se modificaram enormemente nos últimos anos, Portugal de uma forma mais vincada e acelerada que França, penso eu, e há imenso a descobrir e a reconectar através de uma nova cultura, de novos protagonistas e de novas formas de cooperação, alicerçadas na criatividade e abertura de espirito. Temos tudo para que isso aconteça.

JPEG

publicado em 10/04/2014

Princípio da página