1° Evento económico, sobre o investimento francês em Portugal (20.11.2012) [fr]

Em 20 de novembro, a Embaixada da França e a comunidade empresarial francesa (Conselheiros do Comércio Externo de França, Câmara de Comércio luso-francesa, Ubifrance) organizaram uma conferência sobre o tema do investimento francês em Portugal. Sob o título "O investimento francês em Portugal, uma plataforma para chegar mais longe", este evento demonstrou que a presença económica francesa em Portugal traz vantagens aos dois países. Essa importância foi destacada pela presença do Ministro Português dos Negócios Estrangeiros, S.E. Dr. Paulo Portas, e do Presidente da AICEP, Dr. Pedro Reis, bem como mais de 120 participantes, tanto do sector económico francês como institucional, político e económico português.

Introduzida pelo Embaixador, a conferência teve como ponto de partida a apresentação de um estudo realizado pela Universidade Nova trazendo uma visão inédita e completa das empresas francesas estabelecidas em Portugal: Este estudo baseou-se tanto em dados económicos quantitativos bem como num inquérito mais qualitativo, que envolveu mais de 50 líderes de empresas francesas. O estudo refere que as empresas francesas presentes em Portugal estão satisfeitas e confiantes. Com peso na economia do país (mais de 300 empresas), nomeadamente em termos de valor acrescentado (2,5%), exportações (4%) ou emprego de pessoal qualificado, com base numa presença antiga e integrada, aparecem ser mais rentáveis do que as médias empresas portuguesas ou estrangeiras. No entanto, podem ir mais longe, particularmente na utilização de Portugal como uma plataforma para as exportações e fazer melhor. Sobre este último ponto, a burocracia e o sistema judicial português são constrangimentos apontados.

Foi com base nestas observações que os vários intervenientes debateram. Um primeiro painel moderado por António Costa, director do Diário Económico, viu Pedro Reis (AICEP), Fátima Barros (Anacom) e José Miguel Júdice (PLMJ) discursarem sobre o que melhorar, fortalecer e sobre como atrair mais investimento estrangeiro em Portugal, com vista a aumentar o potencial de exportação de Portugal. Um segundo painel deu a palavra aos líderes das filiais portuguesas da Essilor, Renault e Thales, e permitiu a partilha com os participantes da origem da escolha de Portugal para seus investimentos, da sua estratégia para reforçar as suas exportações e como criar mais valor acrescentado em Portugal, bem como os freios ou desafios que enfrentaram. A importância de combinar o desenvolvimento da estrutura de exportação e as perspectivas para a manutenção de um mercado interno de qualidade foi um ponto comum destas três intervenções.

PDF - 57.5 kb
Intervenção do Embaixador de França
(PDF - 57.5 kb)
intervention du ministre des Affaires étrangères portugais Paulo Portas

publicado em 22/08/2016

Princípio da página